linkbuilding

Tem sido relativamente desvalorizado nos últimos anos, mas o link building ainda é uma das armas fortes do Marketing Digital.

Conhecer bem o impacto dos backlinks é a chave para uma estratégia sólida, já que, quando bem feito, o link building pode ajudar a estratégia de SEO e alavancar o posicionamento nas páginas de resultados.

Porquê apostar em link building?

A qualidade e frequência das referências externas são uma das métricas usadas pelos motores de busca para avaliar a relevância do conteúdo online. Ainda que não sejam públicas todas as variáveis consideradas pelos algoritmos, é oficialmente confirmada a importância do link building:

“Posso dizer-vos quais são [os fatores de classificação]. É o conteúdo e as ligações que apontam para o vosso site.” (Andrey Lipattsev, Search Quality Senior Strategist na Google, durante uma sessão de perguntas e respostas sobre os algoritmos do motor de busca).

Além de contribuírem para a avaliação percebida pelos motores de busca, os backlinks suportam a transferência de autoridade entre as páginas de referência e as páginas de destino. É uma espécie de construção colaborativa de poder que beneficia todos os envolvidos.

Nem todas as referências são boas

Apesar do valor reconhecido das referências externas, elas nem sempre são a receita garantida do sucesso. Na verdade, há estratégias de link building que trazem riscos e podem mesmo prejudicar o desempenho da página.

Por um lado, a implementação do reconhecimento de esquemas de links no algoritmo Penguin, em 2012 – agora transformado em Spam Filter e incorporado no algoritmo base da Google -, torna o motor de busca capaz de reconhecer estratégias de compra de referências.

Por outro lado, o algoritmo não avalia a autoridade da página de destino somente com base na autoridade da página de referência. Pelo contrário, ele considera outras variáveis mais subtis, como a relação entre os tópicos de ambos os lados e a utilidade que a ligação tem do ponto de vista do utilizador.

Estas novas competências dos sistemas de pesquisa permitem à Google penalizar estratégias de link building pouco éticas. A punição traduz-se, por norma, na redução parcial ou total do tráfego orgânico encaminhado para ambas as páginas (de referência e de destino).

Avaliar o risco de um backlink

Uma referência externa pode ser melhor ou pior dependendo de quem a faz, do contexto, do país e até da língua. No entanto, e de uma forma geral, é possível avaliar o risco que uma ligação representa, considerando:

A quantidade de referenciadores

Quando muitas páginas do mesmo domínio referenciam a mesma página de destino, podem soar os alertas nos motores de busca. A estratégia de link building deve ser diferenciada e variada, tanto nas páginas e domínios de referência, como nas ligações que elas contêm.

A quantidade de ligações regulares

Os padrões são muito fáceis de detetar para as máquinas. Uma criação estável e consistente de backlinks – sobretudo se a proveniência for sempre a mesma – é sintoma de estratégia de link building forçado.

backlink strategy

O tipo de link

Há muitas formas de inserir uma ligação numa peça de conteúdo. Ser follow, no follow, um redirecionamento ou outro tipo de link vai pesar na avaliação do risco. Uma boa estratégia de link building dá preferência a ligações follow.

A autoridade da página de referência

A reputação das páginas de referência contagia as páginas de destino, para o bem e para o mal. É aconselhável o cuidado de avaliar todas as páginas de onde partem as ligações, sob pena de ser prejudicado.

As âncoras

O texto que serve de âncora a um backlink não passa despercebido aos algoritmos de pesquisa. Quando ele é otimizado de mais e pouco natural (correspondendo a palavras-chave exatas), perde relevância para o utilizador.

Avaliar a qualidade de um backlink

Tal como é possível avaliar o risco de uma referência, também é possível medir o seu valor para a estratégia de link building. O valor de uma ligação é tanto maior quanto mais critérios preencher, embora não seja obrigatório que os preencha na totalidade:

Reciprocidade

Evitando os esquemas de links, é conveniente que as referências sejam cruzadas, ou seja, que se apresentem valiosas para os utilizadores de ambas as páginas. Para isso é necessário que os tópicos das páginas estejam relacionados e que cada uma adicione valor à outra, fazendo com que a ligação seja oportuna.

Naturalidade

As âncoras dos backlinks dizem muito sobre a forma como foram planeados. Linguagem natural, sem otimização evidente para coincidir com palavras-chave específicas, ajuda a uma boa avaliação por parte dos algoritmos.

Relevância

De nada servirá espalhar indiscriminadamente uma ligação para a sua página em diretórios e fóruns, porque os algoritmos de pesquisa avaliam o contexto em que os backlinks estão alojados. Para que a estratégia de link building tenha sucesso, é obrigatório que cada referência aporte valor e faça sentido no local onde está.

Espontaneidade

Não é fácil enganar o algoritmo: se ele perceber que, embora exista uma estratégia de link building forte, o conteúdo de uma página é fraco, ele passa à frente. É importante fazer ver ao sistema que as referências são espontâneas e justificadas pela qualidade do conteúdo a que ligam.

Como fazer link building

Conhecendo melhor o funcionamento dos algoritmos e a importância de agir com ética, pode desenvolver a estratégia de link building de várias formas.

1. Sugerir ligações

Pense em colegas, parceiros e clientes que tenham páginas relevantes para a sua área de negócio. Podem inserir nessas páginas uma referência ao seu conteúdo, em peças mais ou menos desenvolvidas. Dê sempre preferência a ligações embebidas em conteúdo relevante e evite os links isolados em menus e footers.

2. Participar em fóruns online

A participação regular em fóruns dá algum trabalho, mas é gratuita e, se for bem feita, compensa. Forneça sempre informação útil, rigorosa e relevante para a discussão, acrescentando ligações para a sua página quando elas se justifiquem. Não só estará a desenvolver a estratégia de link building como estará também a construir reputação e autoridade.

3. Trocar testemunhos

Fornecer testemunhos a clientes e parceiros não só é uma forma de agraciá-los como também uma oportunidade de ter uma referência espontânea para a sua página no site deles. Em troca pode oferecer-se para fazer o mesmo pelo negócio deles.

4. Manter um blogue

É essencial que assuma o compromisso de alimentar o blogue regularmente, mas ele configura uma boa oportunidade para ir alojando referências e fazer crescer a estratégia de link building da sua página. Quanto melhor a qualidade do conteúdo, maior a autoridade do blogue e melhor a qualidade dos backlinks.

5. Trocar convites para publicações

Não há nada de errado numa estratégia colaborativa de link building. Pode produzir conteúdos para outras páginas que não a sua (inserindo referências, claro) e, em retorno, convidar os donos dessas páginas a publicarem conteúdo no seu site (também com referências). Só tem de ser rigoroso na escolha das páginas com quem quer colaborar.

6. Estudar (e aprender com) a concorrência

Certamente não será o único a ter uma estratégia de link building. Acompanhe os maiores concorrentes do seu negócio e anote as referências externas que eles têm – são essas que também vai querer para si.

7. Corrigir links quebrados

Não vai querer desperdiçar referências por não detetar que elas encaminham para páginas que já não existem. Investigue regularmente os seus backlinks e confirme se algum encaminha para um erro 404. É importante redirecioná-lo para uma página funcional e recuperar o contributo de autoridade.

8. Aproveitar as menções

É natural que o seu negócio seja mencionado em redes sociais, blogues e fóruns sem que essa menção venha acompanhada de um link. Esteja atento e agradeça aos autores de cada referência, sugerindo que incluam uma ligação para a sua página.

9. Rejeitar maus backlinks

Monitorize regularmente todas as novas ligações para as suas páginas. Rejeite as que forem prejudiciais para a sua estratégia de link building, pedindo aos autores que as eliminem ou rejeitando os links diretamente na Google.

10. Estar a par de novas oportunidades

Crie alertas para palavras-chave que lhe interessam e vá acompanhando o que é publicado de novo sobre elas. Cada novo conteúdo pode ser uma oportunidade de link building para a sua página.

11. Atrair os melhores domínios

Por influenciarem positivamente a avaliação das páginas que referenciam, alguns domínios – como .edu ou .gov – são muito cobiçados por quem desenha estratégias de link building. Os sites neles alojados são, contudo, muito difíceis de alcançar, porque quase sempre pertencem a instituições governamentais. Trabalhe em parcerias (como estágios, concursos, bolsas de investigação e outros programas) para ter direito a uma valiosa referência.

Não esquecer a estratégia de conteúdo

Em jeito de conclusão do planeamento estratégico de link building, importa salientar a importância da estratégia de conteúdo. Sendo absolutamente necessárias para um bom posicionamento nas páginas de resultados, as referências de qualidade só surgem se a sua página tiver conteúdos relevantes.

Pode, assim, dizer-se que a estratégia de conteúdo anda de mãos dadas com a estratégia de link building. Ela garante referências regulares, espontâneas e com autoridade, e facilita muito o trabalho de posicionamento.

Tags
Adclick
Adclick

Entrámos no mercado em 2007, num contexto em que o marketing digital provocou uma série de mudanças para as empresas e criou novas necessidades e oportunidades de negócio. Atualmente, destacamo-nos pelo know-how para a criação de estratégias digitais com dois grandes pilares de atuação: performance e construção de audiências. Com esses dois pilares, garantimos a capacidade de segmentar e qualificar a audiência para otimizar os resultados.