Mundo visto do espaço

Não vamos parar.

Neste momento, a missão de cada um de nós é tentar reduzir a propagação do vírus. E na Adclick, assumimos a responsabilidade de continuar a desenhar estratégias, a partir de casa, que preservem o valor das marcas. O mercado pode ter abrandado o consumo, mas reforçou a atenção. Seguros em casa, os consumidores voltam-se para o digital e constroem uma audiência de enorme potencial. É hora de trabalhar o posicionamento no mercado.

É hora de viver a missão.

Sendo os donativos simples o caminho mais fácil, a verdadeira oportunidade é para as estratégias que combinem de forma harmoniosa a missão das marcas com as necessidades do país. A questão é simples: em que é que a sua marca, dentro da atividade habitual e cumprindo os valores que a orientam, pode contribuir para melhorar a vida dos portugueses?

Um pouco por todo o país têm surgido bons exemplos de posicionamento em tempos de crise. Houve marcas de roupa que contornaram a quebra das vendas reconvertendo unidades de produção, produtores de bebidas que aproveitaram o álcool da matéria-prima para fabricar desinfetante, hotéis que tornaram a perda de lucros das estadias em investimento de marca e empresas que, com as fábricas paradas, colocaram os equipamentos ao serviço da comunidade.

Porque as marcas não servem só para gerar receitas.

Elas servem para agregar os consumidores, uni-los em torno de uma visão, de um sentimento e de um propósito. Não é concebível que, precisamente durante a prova de fogo, elas falhem no cumprimento dessa missão.

Estamos, por isso, aqui para trabalhar marcas honestas, colaborativas e sensíveis à comunidade e aos desafios que ela enfrenta. Estamos a postos para aproveitar o enorme potencial de um mercado que abandonou as lojas mas está em casa de olhos postos no online. Estamos prontos para responder aos inesperados desafios orçamentais com criatividade e dedicação reforçadas.

Nós damos o exemplo em casa.

Não reservo espaço nesta nota para falsas modéstias. O desempenho das equipas da Adclick, que têm trabalhado incansavelmente para posicionar o Ekonomista e o Vida Ativa neste palco pandémico, tem sido notável. Em poucos dias ambos os portais encontraram um espaço onde podem ser úteis à população sem desviarem os olhos da missão que os orienta. São úteis, honestos, oportunos e reconhecidos. Mais do que fazer Marketing, isto é viver um propósito em todos os sentidos do termo.

E não estamos sozinhos.

Sabemos que o nosso propósito é partilhado por muitos parceiros e que, juntos, chegamos mais longe na construção de uma rede reputacional inabalável. Prova disso são as parcerias da Adclick com a Fidelidade e com a Multicare de que resulta a criação de uma nova secção do Ekonomista, que responde às questões dos portugueses com credibilidade e rigor científico.

Olhem por vocês, pelas vossas marcas e – juntos – vamos ultrapassar isto tudo.

Ricardo Carreira
Ricardo Carreira

Nasci em 83 na cidade do Porto. Sou apaixonado por viajar de mochila às costas, não deixo passar uma oportunidade de subir um vulcão, atravessar um rio ou escalar uma montanha. Tenho como lema de vida "If you're gonna exist, why not enjoy it?". Acredito piamente que o papel dos profissionais de marketing não é só vender produtos. O marketing tem o poder de mudar a vida das pessoas para melhor. Estou feliz por viver nestes tempos.